SINDICATO DOS AUDITORES FISCAIS DA RECEITA ESTADUAL DO RIO DE JANEIRO

ÁREA RESTRITA

|

Palocci passa bastão para Gleisi Hoffmann

"Um amigo sai e outra amiga entra". Com esta frase de Dilma Rousseff, o ex-ministro da Casa Civil Antonio Palocci se despediu do cargo e passou o bastão para a nova ocupante da pasta, a senadora Gleisi Hoffmann. Segundo a presidenta Dilma Rousseff, Gleisi é "mais uma mulher capaz no governo da primeira mulher a assumir a presidência da República".

Na cerimônia, que contou com a presença do ex-presidente Fernando Collor na primeira fila, Palocci se limitou a agradecer o apoio recebido dos colegas ministros, dos servidores da Casa Civil e especialmente da presidenta Dilma Rousseff em tom emocionado, ele afirmou que se permanecesse no cargo poderia atrapalhar as ações do governo Dilma.

"Quero agradecer aos meus colegas ministros pelo esforço incansável de levar ideias e projetos ao futuro do País. Muito obrigado a todos os ministros pela amizade na dura batalha travada a frente da Casa Civil. Vocês tenham certeza de que estarão sempre dentro do meu coração", disse Palocci e acrescentou em relação à Dilma: "Quero em especial agradecer a sua confiança e dizer que continuo sendo leal a senhora e ao meu país. Levo desse trabalho apenas os bons momentos", afirmou.

Após a fala de Palocci, a nova ministra Gleisi Hoffmann também foi só agradecimentos. O momento mais emocionante de sua fala foi quando citou o marido, ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, e o filho, que estava presente na cerimônia. "Quero agradecer ao Paulo Bernardo, meu companheiro de caminhada e vida, com quem aprendi que sempre vou acertar quando decidir com o coração", disse a nova ministra, observada de perto e com olhar de orgulho por Paulo Bernardo.

Gleisi reforçcou também seu compromisso em defender as pessoas que mais precisam. "Quero lutar pelos brasileiros que mais precisam do apoio do Estado. A consciência de servir ao povo brasileiro é que tende a nortear o nosso trabalho. Assim como a presidenta Dilma Rousseff, acredito que a política dá sentido à técnica e que esta qualifica a política", finalizou.

 

 

09/06/2011

Fontes de Notícias :